20070729

Abertura ao transito da A7

Está aberto ao transito o ultimo lanço da A7 entre Ribeira de Pena e a A24, ligando assim a cidade de Chaves ao litoral bem como ao Porto.

O que é que ainda falta?
-A4 (mais do que qualquer outra via).
- Ligação a localidades como Cabeceiras de Basto.
- Ligação a Verin para o objectivo desta malha ser cumprido: ligar o Porto à AE das Rias Baixas.
- Resto do IC5.

É pena que as coisas nesta região andem sempre mais devagar, mas pelo menos já se vê um ou outro progresso.

11 comentários:

Anónimo disse...

é so nessa região que andam devagar?

em Lisboa estamos à espera do fecho da CRIL: cerca de 40 anos!!! e ainda nao fechou, dizem que é para 2009, veremos...

O eixo norte-sul la vai ser concluido no final deste verão..parace, mas tb se teve a espera 10 anos.

os famosos IC's de alternativa ao IC-19, onde estão?? pois...

ui e a lista podia continuar...

Salem disse...

Meta se no carro (ja nem digo de comboio ou bus) e va a Tras os Montes, va a Cabeceiras, va a Montalegre, va mesmo a Bragança, Miranda do Douro, Carrazeda de Ansiães, e ai verá a barbaridade que esta a dizer..

Esse tseu comentario faz lembrar aquelas imagens em que de um lado mostra as crianças africanas esqueleticas, e do outro mostra um miudo gordo americano a reclamar porque nao queria cogumelos na pizza dele..

O seu comentario nem merecia resposta, mas pronto...

Pinto da Costa :-) disse...

ó anónimo, não nos gastem o dinheiro em CCB's, em Expos, em OTAS e TGV's e outras coisas do género (felizmente que os espanhóis ficaram com a taça america, senão lá tinhamos nós que pagar mais uma festa lisboeta) e façam o que precisam. nós bem sabemos como os desgraçados que moram nas margens do IC19 ou da linha de sintra vivem; sabemos também qual é o nível de vida na península de setúbal, cujo pib per capita é ainda mais baixo que no vale do ave. em contrapartida sabemos como a cleptocracia oligárquica lisboeta vive à tripa forra. o anónimo só pode ser duas coisas: parvo ou então beneficiário do sistema; caso contrário não dizia as alarvidades que aqui produz.

Anónimo disse...

Depende do ponto de vista!! Voces acham que "estao a ser roubados", aqui em Lisboa pensamos o contrario!! Pensamos que para aquilo que produzimos, estamos claramente a ser prejudicados!

Pinto da Costa :-) disse...

ó anónimo, a vossa maior indústria é a função pública e tudo o que gravita em volta dela sustentadas pelas exportações do norte e centro e pelo turismo do algarve, através dos impostos que nos obrigam a pagar.

Anónimo disse...

ao salem e ao pinto da costa os meus parabéns. É este discurso que vai faltando, para meter estes projectos de gente na linha (via IC 19)

Anónimo disse...

EU convidava as pessoas a verem a verdadeira riqueza de Lisboa: andem pela linha de Sintra e Oeiras e vejam de onde vem o dinheiro da região mais rica do país!

SG disse...

falta também uma estrada em condições na margem sul do rio douro (V.N.Gaia-Castelo de Paiva-Cinfães-Resende-Lamego-Foz Coa)

E falta ainda uma estrada melhor entre Chaves e Bragança

E, claro, a ligação da A28 a valença (embora esta seja menos essencial)

Depois, acho que podemos reconhecer que de estradas estamos bem.

Anónimo disse...

"ó anónimo, não nos gastem o dinheiro em CCB's, em Expos, em OTAS e TGV's e outras coisas do género (felizmente que os espanhóis ficaram com a taça america, senão lá tinhamos nós que pagar mais uma festa lisboeta) e façam o que precisam."

grande verdade

Pedro Menezes Simoes disse...

Caro anónimo (1:22), só a lista de investimentos que citou diz tudo sobre o número de investimentos que se fazem em certas zonas do país...

Sinceramente, não estou para discutir quem paga mais impostos e mais beneficia dele. Se a balança comercial da região de lisboa tem uma taxa de cobertura de 30% (o que equivale a pouco mais do que as exportações da subsidiada autoeuropa), o dinheiro deve vir de algum sitío...

Há uns dias diziam-me que Lisboa pagava 70% dos impostos do país (o que é falso),e que por isso era lá que deviam ser os investimentos públicos. Respondo-lhe o que respondi na altura: se isso é assim, então devolvam-me os 30%.

Fernando disse...

"ó anónimo, não nos gastem o dinheiro em CCB's, em Expos, em OTAS e TGV's e outras coisas do género (felizmente que os espanhóis ficaram com a taça america, senão lá tinhamos nós que pagar mais uma festa lisboeta) e façam o que precisam."

Realmente este pseudo-país atrasado, tem de andar sempre a fazer festas para se mostrar aos outros, aos de fora.
muito gosta esta gente de gastar milhoes nessas festinhas internacionais para mostrarem que Portugal é um grande país, quando não o é.
Em vez de andarem a investir no país andam a gastar em festas internacionais, quase todas em Lisboa..

A Irlanda e outros países do norte da Europa, muito mais ricos e com melhor qualidade de vida, não gastam milhões nessas festas parolas e bem podiam gastar porque têm muito mais poderio economico que nós.

Nós parecemos os pobres das barracas, que gastam o ordenado quase todo em festas para dar uma imagem falsa aos vizinhos, para esconderem aquela imagem de pobres e de ma qualidade de vida e mostrarem que são ricos, poderosos e vivem bem.

É ridiculo o dinheiro gasto em Expos e outras festas na capital. Também queriam os jogos olimpicos e a tal taça américa que perderam.

Leituras recomendadas