20070723

Festas Populares

Em Pamplona, nas festas de San Fermín (visitadas por 1milhão de pessoas todos os anos) existe o prémio "Guri del Año", outorgado a um estrangeiro que se destaca em defesa da internacionalização das festas. Não é à toa que esta festa é tão conhecida.

Não deveríamos fazer o mesmo nas nossas festas distintivas: Porto (S. João), Braga (S. João), Viana (Romaria da Sra. da Agonia), Ponte do Lima (Vaca das Cordas e Feiras Novas), ...?

7 comentários:

Anónimo disse...

Pedro,

entendo a tua sugestão, mas estar a aplicar o que se faz em S.Fermín, com a excitação que envolve, e aplicá-la às várias festividades portuguesas é retirar criatividade e originalidade. No fundo, banalizavas a iniciativa. Cada uma deve criar um meio sugestivo de cativar e divulgar a mesma.

João Moreira

Carlos disse...

alem do mais, no norte a matança e maltrato dos touros nunca foi do agrado dos populares.
É mais para o centro e sul do pais

Anónimo disse...

Na povoa não existia uma praça de touros?

Pedro Menezes Simoes disse...

Joao Moreira: é só um exemplo do que se pode fazer. O importante é conseguir promover internacionalmente as nossas melhores festas.
Carlos, a ideia não é copiar as festas com touros. Isso já existe. As réplicas são sempre piores. A ideia é copiar as técnicas de promoção. Por exemplo, pagar ao Paulo Coelho para incluir uma delas nos seus livros.
Anónimo: sim, existe uma praça de touros na Póvoa, e que ainda é utilizada (nomeadamente na queima das fitas do Porto)

Anónimo disse...

Foi na praça da Póvoa que foi no último domingo realizada a corrida de touros que foi televisionada na RTP1.

João Moreira

António Alves disse...

praticamente só a RTP e a associação académica é que ainda promovem "espectáculos" tauromáquicos por cá. infelizmente!

Salem disse...

Em Viana tb existe uma praça de touros..E as festas dagonia chegam a meter 500 mil pessoas...

Leituras recomendadas