20070727

Fusão Porto-Gaia, Romanos, Dinarmaqueses e Japoneses

Poís é António. Eu não quero ser a vanguarda intelectual que sabe mais que o Povo. Mas vejamos, este mesmo Povo portuense e gaiense é aquele que consome toneladas da tal informação e conhecimento futebolístico, que várias vezes aqui referi e da qual não sou adepto. Um verdadeiro Pão e Circo (*) dos tempos modernos. Entretano os povos primitivos do reino da Dinamarca e do Japão avançam com as suas fusões de autarquias e reorganizações territoriais como se pode ler aqui e aqui. O Povo do Porto e de Gaia, estão na vanguarda europeia, sabem bem o que querem e não se deixam manipular por ninguém, como provam todas as estatísticas do desenvolvimento...

 

(*): Pão e Circo, uma maneira de contentar a população oferecendo comida e diversão, dessa maneira obliterando o espírito crítico e a capacidade ativista e contestadora

5 comentários:

Pedro Menezes Simoes disse...

Os valores da sondagem não são um problema. Os portugueses são avessos à mudança (aliás, os referendos têm sido usados para impedir mudanças).

Não é de esperar que as pessoas sejam a favor de uma proposta abstracta cujas consequências não conhecem.

Rui Valente disse...

Amigo José,

Eu concordo consigo, mas não pode confundir o povo de Gaia e do Porto como um exclusivo exemplo de alienados do futebol a nível do país. Essa é uma realidade (triste é certo) nacional e não aplicada apenas aqui. Não ignora decerto que o povo é um pouco "empurrado" para a sobrevalorização do fenómeno
futebolístico pelos media que além das telenovelas, não lhe dá mais nada.

Jose Silva disse...

Rui,

Com o mal dos outros posso eu bem. Mas garanto-lhe que os Centralistas não vivem alienados com futebol. Não se podem dar a esse luxo. Tem que manipular de forma certeira para se irem governando...

Anónimo disse...

Mas quem foi a sumidade que achou este tema com algum interesse?
Deve ser um habitante da corte a colocar este tipo de questão. Para distrair.
Fusão! Mas que fusão? Uma só câmara? Qual o objectivo ou a vantagem?

Pedro Menezes Simoes disse...

Caro anónimo. Este tema surgiu aqui: http://norteamos.blogspot.com/2007/07/cidade-de-porto-gaia.html

"Rangel avançou com uma ideia que não é nova, mas que retomou com redobrado vigor: a fusão dos concelhos do Porto e Gaia, único "projecto mobilizador" para afirmação da cidade que poderia, inclusive, ir um pouco mais longe, congregando também Matosinhos. Seria a forma de ganhar "massa crítica" e erguer um pólo urbano poderoso, com mais de meio milhão de habitantes e 210 quilómetros quadrados, "uma construção positiva que não era feita contra ninguém" e que teria inúmeras vantagens, desde a redução de custos administrativos até à gestão integrada de dois centros urbanos, já praticamente unidos."

Vantagens:
- redução custos administrativos
- eliminar a gestão repartida da mesma cidade (sim, porque a parte urbana de Porto e de Gaia são a mesma cidade)
- maior notoriedade internacional
- maior capacidade de atracçao de investimento e mobilização de agentes privados
- maior importância a nível nacional (maior peso político)

Leituras recomendadas