20070620

Aqui está a oportunidade para o Metro do Minho

"(...) O QREN deverá reservar mil milhões de euros para políticas de cidade e de mobilidade urbana."

7 comentários:

Salem disse...

Será??Gostava que sim...Mas repare-se que não existem projectos concretos sobre esse metro no Minho. Eu, pelo menos,apenas ouço falar nisso de boca e num ou noutro artigo, mas nunca nada vindo de autoridades politicas. Talvez, com a regionalização isso ganhe força.. Assim o espero!!

P.s jagora, que linhas novas é que o Pedro sugeria? (espero que não interprete esta pergunta de forma ironica, porque não é essa a minha intenção)

Pedro Menezes Simoes disse...

Pedro Morgado já fez algumas excelentes propostas anteriormente.
O mais completo é este:
http://norteamos.blogspot.com/2007/06/rede-de-transportes-ferrovirios-do.html

Tem também este (e mais alguns, se procurar) no "Avenida Central"
http://avenidacentral.blogspot.com/2007/05/transportes-no-minho-iv.html

Pedro Menezes Simoes disse...

O meu post é para alertar as autoridades responsáveis...

A oportunidade existe. Não vale chorar depois, se não apresentarem nada agora...

Salem disse...

eu vi esse no avenida central, alias descobri o seu blog atraves do avenida, e por ter visto la a proposta do Pedro Morgado, queria ver também a sua.
Na minha opinião, acho que não era prioritario a ligação Povoa - Esposende nem Esposende-Barcelos,nem Famalicão-aeroporto e parece-me fazer sentido uma ligação directa Braga-Barcelos, uma vez que a ligação por Nine nunca faria concorrencia ao carro, a não ser que em Nine se construa um novo nó. Se um comboio fizesse, nos moldes de hoje,uma viagem entre Braga e Barcelos ou Viana, iria perder imenso tempo em sair da linha Porto-Braga para entrar na linha que vai para Barcelos. Também tenho serias duvidas em relação aquela malha na área de Braga. De resto todas as ligações parecem-me bastante oportunas, mas vão exigir muito de nós e dos nossos politicos.

Pedro Menezes Simoes disse...

Parece-me que o Minho necessita do Metro, mas não sou a pessoa mais indicada para dar a solução, porque não sou minhoto, nem conheço minimamente os fluxos de tráfego (origens e destinos) em causa. O quadrilatero urbano + 1/2 linhas em Braga parece-me razoavel, mas não sou especialista.

Não quero cometer os mesmos erros dos nossos políticos centralistas -decidir sobre o que não conhecem.

A única coisa que posso dizer, é que as ligações ferroviárias a Viana do Castelo são uma anedota, e precisam ser melhoradas. De resto, terá que dirigir a questão aos outros autores minhotos deste blogue.

Salem disse...

Exacto Pedro, toda a razão. Há um exemplo muito bom que tem a ver com fluxos e com decisões a partir de la de baixo. Guimarães-Fafe, existem montes de autocarros entre as duas cidades, ha uma nova via rápida e agora até ha auto-estrada e eis que cortaram a linha ferroviaria que existia entre as duas cidades. E já que fala em Viana do Castelo e anedotas, ria-se com esta: faço semanalmente a viagem de comboio Guimaraes Viana e fico todo contente quando só demoro 2h30 =)

Pedro Menezes Simoes disse...

Depois dizem que não há tráfego... pudera. Um tipo em forma faz mais depressa essa distância a correr!

Leituras recomendadas