20071029

Defesa da Linha do Tua

Outros links:
www.alinhadotua.cjb.net
http://victortrains.fotopic.net/c589455.html
http://www.cm-mirandela.pt/index.php?oid=646
http://www.ocomboio.net/diaporama/linha_do_tua_2006

6 comentários:

Salem disse...

Grande video...E a ironia, um autocarro do santos a passar na IP4...Dizem que essa companhia de autocarros patrocinou o fecho de algumas linhas em Tras os Montes.

Numa altura em que se discute a barragem e o consequente fecho da linha, penso que de devia era discutir a sua reabertura até Bragança.

Foi pena também, que o projecto para a ligação a Puebla de Sanabria nunca tivesse ido para a frente...

Anónimo disse...

agora choram pq a linha do Tua vai desaparecer... depois vão chorar pq a linha do Tua não fechou, mas não se fez a barragem!

Claro que todos sabemos de quem irá ser a culpa: de Lisboa pois claro....

Anónimo disse...

Mais uma vez felicitamos os responsáveis deste Blogue pela
qualidade , seriedade e preocupação que colocam nos artigos e nas opiniões que emitem

O Norte afirma-se e sempre se afirmou pelas suas caracteristicas e pelas suas gentes e os Jóvens responsáveis deste NORTEAMOS são disso exemplo...Parabéns .. nós os Nortenhos mais "velhos" ficamos descansados pois vocês são a garantia de que o "NORTE" continuará a evoluir sim.. mas sem se descaracterizar.

Mario Sales de Carvalho

www.linhadotua.net

Anónimo disse...

http://www.skyscrapercity.com/showpost.php?p=16010223&postcount=118

linha do tua espectacular

Conheça a real

mario sales de carvalho

www.linhadotua.net

Salem disse...

estao muito boas as fotos...Alias, nesses lados nao faltam bons sitios para caminhadas. Mas a nivel ferroviario, destaco a linha do Sabor e aquele trecho entre La Fregeneda e Barca d'Alva (um dia quando perder as vertigens faço o..)

José P disse...

Devemos chorar o que se perdeu para sempre ou fazer alguma coisa enquanto é tempo? Deve-se ir viajar na linha do Tua, para ver se aquilo é assim mesmo, ou melhor ainda. Depois, observar bem uma barragem, multiplicar por dez vezes o tamanho, e imaginar a enormidade do que lá querem construir.
Nada me move contra as barragens, mas o tempo das mega-barragens passou, agora estamos no tempo da micro-geração e eficiência energética.

José Pinto

Leituras recomendadas