20071017

Debate Intra-Norte: Braga paga mais IRC do que o Porto

Fim de um mito. Este mapa prova a afirmação. O concelho de Braga apresenta um lucro tributável total e por sujeito passivo superior ao do concelho do Porto.

5 comentários:

Pedro Menezes Simoes disse...

José Silva,
há algo de estranho com esses dados: os sujeitos passivos de Braga com VN inferior a 150.000€, pagam, em média, 449.373€ de IRC (pagam 4x mais imposto que o seu VN). Por comparação, o 2º município, Alcácer do Sal, paga 35.091€ por sujeito passivo.

Parece-me que alguém multiplicou o valor de Braga por 10 ou 100.

Se considerar multiplicado por 100, os valores totais de Braga ficam entre Aveiro/Setúbal e Faro/Sintra, o que é muito mais intuitivo.

Não sei qual é o "mito", nem tenho qualquer prazer em contradizê-lo, mas parece-me que, no caso de Braga, existe manifestamente uma gralha.

Já agora, para quem quiser saber onde montar uma empresa, tem aqui as taxas de derrama de 2006...
http://www.anecra.pt/gabecono/pdf/derramas.pdf
Recomenda-se o distrito de Bragança...

Jose Silva disse...

Não tenho razões para duvidar da fonte.

Mito: o tempo da liderança do Norte pelo concelho do Porto acabou à muito. Confirmando-se estes dados, eles são mais uma prova. O Porto é apenas um dos maiores concelhos, qualquer que seja o indicador usado. Aliás, Rio Fernandes já descreveu várias vezes a tese do Donut, onde as autarquias da AMPorto são mais dinamicas que o Porto concelho em decadência. É necessário o Porto não esquecer isto. A única coisa em que Porto ainda lidera é na densidade de inconformados.

Pedro Menezes Simoes disse...

Eu não tenho dúvidas da fonte. Mas gralhas acontecem.

E o Estado cobrar 500.000€ a quem só teve 150.000€ de volume de negócios, e isto só acontecer num concelho, é seguramente uma gralha.
Olhe para o ficheiro, p.f.

Ou então é uma roubalheira descarada, pelo que o post deveria ser: "Perseguição do Estado Central a Braga: impostos cobrados equivalem ao volume de negócios de 4 anos." Não me parece que uma mercearia ou papelaria em Braga consiga pagar meio milhão de euros em impostos...

Quanto ao mito, estou de acordo consigo: não é um mito, é a realidade. Mas não são os dados que apresentou que o caonfirmam.

António Alves disse...

Sujeitos passivos de IRC com volume de negócios inferior a 150 mil euros


MUNICIPIO Nº DE SUJEITOS PASSIVOS a) LUCRO TRIBUTAVEL TOTAL LUCRO TRIBUTAVEL POR SUJEITO PASSIVO
BRAGA 3167 1.423.195.952,94 449.383,00

Há erro e grosso. Como é que uma empresa tem menos de 150000 euros de volume de negócio e tem um lucro tributável de 449.383 euros? Qual é a indústria? Refinação de coca? :-)

Quanto ao mito. Não sejamos mais papistas que o papa. O concelho do Porto tem um PIB (somatório do valor acrescentado bruto de todos os produtores) muito superior ao de Braga. Logicamente esses números não são possíveis. E depois o concelho do Porto perdeu acima de tudo residentes. Mas mesmo essas pessoas, apesar de já não residirem no Porto, continuam a contribuir para o seu PIB porque nele trabalham e consomem. Há que ter sempre uma visão crítica do que nos dão a ler :-)

António Alves disse...

ahhhh.... e acrescento: era bom sinal que o que o José diz fosse verdade. Era sinal que o Norte estava a recuperar :-)

Leituras recomendadas