20071015

Esperar para ver

Porque tive que trabalhar, não pude assistir ao discurso final de Menezes no congresso do PSD. Pelo que leio nos jornais online ele disse que o PSD irá estabelecer um calendário para debater a regionalização, pois "apesar de não ser uma prioridade" (?), os sociais-democratas não andarão "a reboque ninguém".

Ou me engano ou existe aqui uma contradição. A sua moção de estratégia propõe que "o PSD deve assumir, sem preconceitos, a defesa de um processo de regionalização político/administrativa do País, assente nas cinco regiões plano, no respeito pelos princípios da subsidiariedade e da solidariedade nacional, numa lógica descentralizadora, pela não substituição de uma centralidade por novas centralidades, e traduzida por um regime financeiro que contribua para a estabilidade orçamental do Estado e para o crescimento económico".

Também no discurso de sábado, respondendo a Manuela Ferreira Leite - a quem Menezes tirou superiormente o tapete quando a colocou entre a espada e a parede com aquele convite em público; julgo que lhe acabou definitivamente com a pose de presidenta não eleita do partido: para a posteridade fica o facto de ela se ter recusado a assumir responsabilidades nas lutas futuras - LFM afirmou enfaticamente que era um defensor convicto da bondade da Regionalização. Vou esperar para ver. Mas não espero muito.

4 comentários:

Jose Silva disse...

Pois. LFM é uma possibilidade em aberto. Não uma certeza. O melhor indicador da sua inconstância foi o movimento pendular durante o seu discurso. Parecia que caminhava sobre brasas. Nunca estva centrado com o microfone. Isto em psicologia dos gestos significa insegurança e indecisão. «Temos» que continuar a «trabalhar».

Zé da Póvoa disse...

Espero que em vez da tradicional cadeira de escritório, tenha ao dispôr um bom sofá da Divani (passe a publicidade), para não vir a ter graves problemas com a coluna!

Anónimo disse...

alguém aqui diz que "tirou superiormente o tapete a MFL...".
Não deve ter ouvido as "judiciosas" considerações desse baluarte da lucidez que é o Ricardo Costa...

António Alves disse...

ora ora, esse Ricardo Costa e um tal de António José Teixeira até deviam trazer envergada uma camisola cor de rosa - tanto faz que seja do benfica ou do PS, ou das elites sulistas e nada liberais - de tão óbvia que era o sua dificuldade em "compreender" porque raio era o Menezes o gajo que mandava no PSD.

Leituras recomendadas