20071014

Regionalização não é prioridade

O Presidente do PSD quer retomar o tema da Regionalização, contudo afirma não ser uma prioridade. Nem anda a reboque de ninguém. MFFerreira Leite está contra o "assunto".

Quando os políticos dizem não ser prioridade querem mandá-lo para as calendas. Uma decepção LFM.

6 comentários:

Café Toural disse...

ÚLTIMA HORA

Café Toural: abre brevemente.
Um café que espelhará a cidade nas suas mesas.

Mais informações.

Pedro Menezes Simoes disse...

Não sei...

O facto é que se LFM falasse muito na regionalização colavam-lhe logo o habitual estereótipo nortenho.

E LFM precisa dos votos de todos para ser primeiro ministro.

Estereotipo nortenho: Nortenho = Regionalista = Anti-Centralista = Anti-Lisboa = Anti-Benfiquista = Adepto do FCP...

E em Portugal há (lol) 6 milhões de benfiquistas...

Não sei se LFM não estará a jogar pelo seguro, para não por em causa as suas hipoteses de chegar ao poder em 2009.

Mas é de facto uma desilusão: LFM está disposta a adiar mais uns anos a regionalização para chegar ao poder. O que é o mesmo que o Sócrates decidiu fazer. Socrates não quis a regionalização no 1º mandato, para não comprometer a obtenção do segundo. Assim, propõe o referendo para depois de 2009.

Mas com LFM irá haver a mesma lógica. Só que o segundo mandato será em...2013... entretanto já não existe país fora de lisboa para regionalizar.

josé manuel faria disse...

Gostei do último parágrafo.

José Alberto Fernandes disse...

O mais importante é que o LFM trousse o tema à discussão. E como se vê aquí no fórum ainda há muita discussão a fazer.

Se formos para a regionalização à pressa como no último referendo o mais provavel é o não ganhar outra vez por receio da população.

Até lá ainda há muita campanha de informação a fazer.

Anónimo disse...

Mas com LFM irá haver a mesma lógica. Só que o segundo mandato será em...2013... entretanto já não existe país fora de lisboa para regionalizar.

Pois é verdade. E mais 10 anos de espera.
E depois nao sera com ele, sera com outro que tambem so o fara no 2 mandato e andamos aqui a vida toda.

Acho que isto so la vai quando a UE exigir, mas exigir mesmo a regionalizaçao a Portugal.
Aqui ha umas semanas eles deram um aviso para regionalizar-se. Nao se fará nada.
As coisas só mudam mesmo quando a UE obrigar Portugal a fazê-lo e o primeiro ministro nao tiver alternativa.

É ridiculo. O maior problema do país, e no entanto ninguém o quer resolver. São eleitos e fazem mil e umas coisas, mas não fazem a mais importante e que resolveria grande parte dos nossos problemas, a regionalizaçao.

Pedro Menezes Simoes disse...

"Acho que isto so la vai quando a UE exigir, mas exigir mesmo a regionalizaçao a Portugal."

Já o fez, no tratado de Maatricht, em que consagrou o principio da subsidiariedade: a "coisa" pública deve ser gerida pelo órgão mais local possivel que permita uma gestão eficiente.

Portugal incumpre na regionalização e no municipalismo. Em Portugal, é tudo decidido no nível mais elevado possível, ainda que favoreça uma gestão ineficiente...

Leituras recomendadas