20071109

Novo Norte ? Não.

ON2 ou o Novo Norte é o nome do Programa Operacional Regional do Norte 2007/2013 ontem apresentado pela CCDRN.

Porém vejamos o que dizem vários especialistas sobre a economia a Norte e sobre os efeitos do QREN.

Pessoalmente, considero que o desenvolvimento económico é um problema sociológico. O florescimento de uma economia depende da abundância de população activa com capacidades estratégicas e conhecimento técnico. A Norte, muitos qualificados emigraram para Lisboa e emigram agora para a Europa, aproveitando as lowcost no ASC. Os empresários industriais tradicionais vão envelhecendo sem mudar de modelo de negócio. Há que reconhecer que fizeram muito. Despontam promessas. Mas são apenas bons exemplos e não a norma. As universidades a Norte  vão fazendo pela vida. Mas ainda não chega. Os índices de escolaridade são reduzidos.  A classe média e o MSM tomam conhecimento que o Norte é a região mais pobre de Portugal e uma das mais pobres da Europa, 9 anos depois de terem votado contra a Regionalização, quando o sul votou todo a favor. Neste caldo social não há desenvolvimento económico. Além do mais, este é um processo que dura uma geração e não apenas os 6 anos de um programa comunitário. Nem mesmo com o PIB regional a crescer 5% ao ano chegariamos ao PIB per capita da Catalunha em 2013. Há a visão optimista dos funcionários públicos e MSM e há a visão realista de quem está no terreno. Portanto a resposta à pergunta ou ao nome do programa é Não. Não haverá Novo Norte em 2013. É bom que nos habituemos à realidade e deixemos de acreditar em propaganda das administrações públicas, nem mesmo das regionais.

1 comentário:

Pedro Menezes Simoes disse...

"Norteamos" na Alemanha?

Alguém consegue traduzir este link?
http://66.102.9.104/search?q=cache:A1d9t7zEAOkJ:www.portugalforum.de/allgemeines-portugal/17667-exportiert-portugal-icep-gefoerdert-links-tgv-lissabon.html+%22aber+die+Frage+von+Jos%C3%A9+Silva%22&hl=en&ct=clnk&cd=1&gl=pt

Leituras recomendadas