20080102

Porto ganha Business School Internacional

Depois da tentativa falhada para ligar a EGP e a Associação Empresarial de Portugal numa escola de referência nesta área, o protocolo de entendimento que as duas entidades assinam sexta-feira vem viabilizar um velho projecto da Universidade do Porto, que tem, actualmente, as duas escolas a concorrerem entre si na formação pós-graduada na área da gestão.

Boas notícias...

7 comentários:

Ventanias disse...

Será bom, se um dia vier a ser verdade...

Infelizmente, para já, não é mais do que uma declaração de intenções, de duas instituições à procura de rumo e preocupadas com o acréscimo de concorrência que se adivinha.

Certo é que, para já, de internacional apenas tem o título.

Também é verdade que em Portugal os títulos, as mais das vezes, bastam...

Pedro Menezes Simoes disse...

Pelo que li hoje no Jornal de Negócios, a Business School está a procurar juntar a FEP, a EGP, a UAveiro, a UMinho, a UCoimbra, e a UCP-Porto, e o MBA será 100% em inglês.

Abraço

Jose Silva disse...

O que se está a tentar fazer agora já podia ter sido feito há 10 ou 20 anos...
Não pode haver pior cartão de visita para uma business school: Levar 10 ou 20 anos a fundir diversas «pequenas empresas» para formar uma grande e internacional...
Enfim, também não se pode esperar muito de funcionários públicos com pertensa capacidade para ensinar a gerir empresas, mas sem coragem para o fazer...
Faz-me lembrar a anedota do Touro Consultor e do Touro Empresário: Junto à vedação de um campo, o TC dirige-se ao TE e diz: Sabes, daquele lado é que existe bom pasto. Tu podias é ir ali atras, tomar lanço e saltar a vedação. Então é que seria bom ! Pergunta então o TE: Se é assim tão bom, porque não tentas tu ? Responde o TC: Sabes, eu já tentei. Correu mal, feri-me gravemente no arame farpado, fiquei sem ..... e agora sou consultor !

Jose Silva disse...

pertença

Ventanias disse...

Meu caro José Silva, é pretensa, visto que vem de pretender...

Quanto ao mais, apesar de tudo, sempre é uma boa iniciativa; cá estaremos para ver se acaso chega a internacional e se ganha corpo como boa escola de gestão e empreendedorismo.

Cumprimentos

Espectadora Atenta disse...

Acredito que venha a ser um facto consumado!
E mais vale tarde do que nunca! Para o norte é uma grande mais valia ter uma Business School e formar empreendedores ao mais alto nível!
Abraço,

Snowball disse...

É preciso juntar-lhe o Belmiro...

Leituras recomendadas