20080521



Em Portugal, existem poucos locais com aquela beleza, sendo difícil descrever, por palavras, os cerca de 54 quilómetros de via férrea, que separam Mirandela da foz do Tua, pois é uma experiência inesquecível, que fica na memória de qualquer visitante e com o desejo de um dia lá voltar. Para se ter uma ideia da beleza ao longo deste itinerário, podem-se ver as fotos no seguinte ‘site’:

Após a abertura da nova janela tentar premir em “apresentação de slides” e para ver fotos no ecrã inteiro basta seleccionar, em cima, View (Ver) e de seguida, Full Screen (Ecrã inteiro) ou a tecla F11. A visualização das fotos demorará cerca de 1 minuto e meio.

http://picasaweb.google.pt/rodrigues.rui1/LinhaDoTua03?authkey=rk1Bwb8VOgY (Duplo clique para ver fotos)


Rui Rodrigues

2 comentários:

Mario disse...

Assinem, por favor, a petição
http://www.petitiononline.com/tuaviva/petition.html

Salvemos a linha da agonia e morte por afogamento

os Nossos Filhos e netos merecem conhecer esta maravilha onde se conjuga , em perfeita harmonia ,a obra dos nossos avós e a da natureza .

Falta muito pouco para as 5 000 assinaturas

Obrigado a todos

www.linhadotua.net

Mario disse...

O MCLT vem por este meio demonstrar, mais que a sua incredulidade, o seu firme BASTA aoambiente instalado de total falta de respeito pelos utentes da Linha do Tua e pelo povo trasmontano.A reabertura da Linha do Tua foi adiada para dia 2 de Junho, quando fora estabelecida há umasemana a data de hoje, dia 22 de Maio, para o efeito. A decisão foi remetida com displicência peloIMTT através de fax para a administração do Metro de Mirandela, sem qualquer justificação anexa,ontem. Para todos os efeitos, a linha continua encerrada porque sim, e ao Metro de Mirandela eutentes da Linha do Tua remete-se o silêncio e a confusão que têm sido apanágio desde o acidentede Fevereiro de 2007.Para o MCLT está mais que demonstrada a total falta de boa vontade e ética profissional tanto porparte do IMTT como por parte da EDP, LNEC e Governo, entidades com responsabilidades namanutenção da Linha do Tua. Depois do incidente de 10 de Abril com uma dresin, após o qual ademora contínua do relatório de segurança da via, da responsabilidade do LNEC, levou a que aLinha do Tua perdesse um fim-de-semana prolongado de turistas, qual a justificação para que emnovo fim-de-semana prolongado em que a linha deveria estar aberta, e com mais um mês para orelatório de segurança estar concluído, a data seja abruptamente atrasada por duas semanas? Istoquando para ambos os casos havia viagens charter programadas com centenas de pessoas, queassim não serão realizadas.A justificação está patente no fax do IMTT: nenhuma. Todas as revelias cometidas contra a Linha doTua desde há 15 meses não têm qualquer justificação, além da de prejudicar intencionalmente estavia-férrea e a região por si servida, fosse por acção deliberada ou por pura estultícia e negligência.Mais do que recordar cada episódio de grotescas acções cujo propósito tem sido desacreditar e ferira Linha do Tua, mais que enaltecer mais uma vez uma obra de engenharia e de memória viva queapenas pelo passa-palavra atrai milhares de turistas de todo o mundo, o MCLT quer expressar aquio seu total apoio ao Metro de Mirandela para, de uma vez por todas, obrigar estas entidades aassumirem as suas responsabilidades, que têm sido deturpadas de forma escandalosa, e que aLinha do Tua e a região de Trás-os-Montes sejam tratados com todo o respeito a que têm direito.Movimento Cívico pela Linha do Tua, 22 de Maio de 2008www.linhadotua.net

23 de Maio de 2008 0:34


A reabertura da Linha do Tua em toda a sua extensão foi novamente adiada. O Instituto dos Transportes e da Mobilidade Terrestre (IMTT) anunciou que afinal a linha só irá reabrir no dia 2 de Junho. A informação foi enviada hoje ao final da tarde para a empresa Metro de Mirandela. Ainda na passada sexta-feira o IMMT informava que a partir de dia 22 de Maio a circulação seria retomada no troço entre Abreiro e a Estação do Tua. O novo adiamento já provocou reacções por parte do presidente do Metro de Mirandela e da autarquia, José Silvano, que de imediato respondeu, também através de fax, questionando sobre as razões de tal decisão. Mensageiro
publicada por RuiCMartins às 22:26 a 21/Mai/2008

Leituras recomendadas