20080226

O «fim» de Lisboa já se avista

«A Tetra Pak Ibérica está sedeada em Espanha, em Arganda del Rey nos arredores de Madrid e o seu director geral é o antigo director geral da Tetra Pak Espanha, Adolfo Orive».

O facto de a Tetrapak Portugal estar a ser absorvida nas actividades de maior valor acrescentado, mais sofisticadas, melhor remuneradas pela Tetrapak Espanha, sedeada em Madrid é significativo. Para além desta empresa, também as decisões de crédito de elevado montante e centro informático do Banco Popular e Santander, a sede da SAP, Oracle, Nissan e Michelin tiveram o mesmo destino. Isto significa que o processo de «Drenagem» de actividade económica que Lisboa realizou sobre Portugal nos últimos 30 anos (sobretudo a Norte) está agora a repetir-se de forma diferente: As multinacionais deslocalizam-se de Lisboa para Madrid. Adicionalmente, o fim dos subsídios da U.E, a emergência da comunicação social livre via Internet e o resto de Portugal quase todo desertificado significam que a estratégia de «Drenagem»/Centralização, o verdadeiro modelo de crescimento económico de Lisboa está com fim marcado. Por isso o desespero das suas oligarquias (ou candidatos) faz com que a Corrupção suba, que a SEDES lance alarmes e que os pensadores sediados em Lisboa (Pacheco Pereira, Adelino Maltez, ABCaldeira, António Maria, António Barreto, etc) confundam a decadência da sua região com decadência de Portugal.

PS: Na perspectiva de Português não me alegro com a desgraça de outros Portugueses. Mas numa perspectiva individual fico contente com este novo facto: Demonstra que sempre estive certo no meu diagnóstico.

12 comentários:

Miguel disse...

Pelo contrário, JS não se apercebe que o facto que relata e que é real contraria todas as suas teses.
Se Madrid não tem jurisdição em Portugal, se Portugal tem autonomia política e o fenómeno de drenagem economica para Madrid se verifica é porque há outros motivos, para além dos invocados por JS ou pelo António Alves.
Bastaria terem algum conhecimento da economia catalã para perceberem isso. Com o seu enorme grau de autonomia pós 1978, Barcelona encontra-se hoje numa posição em termos economicos muito mais precária face a Madrid que antes de 1978.( há abundante bibliografia e informação online acessível a todos).
A questão tem mais a ver com ciclos economicos e tendencias longas, do que propriamente conspirações centralistas de políticos. É um fenómeno que ultrapassa largamente o âmbito da decisão política.
Outra coisa, obviamente, são decisões que acentuam essas tendências e aí concordo que o Lisboacentrismo do nosso País agrava tendencias e é prejudicial para o todo.

Jose Silva disse...

Miguel,

O conceito de Centralismo não se resume à administração pública. Também se aplica à concentração da actividade económica.

Ciclos económicos uma fava... Em todos os locais à competição pela captação de investimentos e actividade económica. A única diferença é que uns abusam mais do que outros e uns são mais perdulários do que outros.

Jose Silva disse...

«há»

Pedro Menezes Simoes disse...

"é porque há outros motivos"

Que motivos?

Miguel disse...

"é porque há outros motivos"

Que motivos?

Um deles parece-me óbvio, desde que apareceu uma coisa chamada internet e facilidades de comunicações, etc, a presença física num determinado lugar perdeu importância e houve um enorme movimento geral no sentido das economias de escala.
Outra dica: qual o segredo do crescimento do PIB grego da última década? produtividade? Não me parece. Tente hub regional ("Regional" para Grécia, Macedónia, Turquia, Sérvia, Montenegro, não de Minho e Beira Alta), veja onde se foram implantar as multinacionais. E não consta que a razão seja o centralismo de Atenas.
De certeza que também reparou.

Miguel disse...

O lado positivo é que desconfio que o pior já passou (estas coisas já trabalham há mais de 10 anos e começa a não haver por onde) e que o movimento centrífugo também tem limites. E na periferia abre-se o espaço do valor atraído para o centro, resultando num potencial de crescimento superior. Se tivesse que adivinhar à Zandinga, penso se daqui a pouco tempo se começa a ver este fenómeno.

Jose Silva disse...

Grécia, população: 11 milhões; Atenas, população, quase 4 milhões. Se isto não é centralismo...

Pedro Menezes Simoes disse...

A Internet não aumenta as economias de escala, antes as reduz, favorecendo a descentralização.

Quanto à Grécia, vejamos o que diz o CIA Factbook:

"The Greek economy grew by nearly 4.0% per year between 2003 and 2007, due partly to infrastructural spending related to the 2004 Athens Olympic Games, and in part to an increased availability of credit, which has sustained record levels of consumer spending. Greece violated the EU's Growth and Stability Pact budget deficit criteria of no more than 3% of GDP from 2001 to 2006, but finally met that criteria in 2007."

A dívida pública representa 82% do PIB (a nossa é cerca de 65%).

A Grécia está a viver exactamente o que nós vivemos entre 1996 e 2000: elevadas taxas de crescimento sustentadas em obras públicas, crédito ao consumo barato (consumo interno) e emissão de dívida pública.

A nós não nos correu bem, a eles também não correrá melhor, até porque estão mais endividados.

Mas suponho que, quanto à Grécia, se refere à instalação de multinacionais. Estas instalam-se sempre no local onde exista o maior mercado de consumo (em particular para os departamentos de marketing) e mão de obra qualificada. Isso não me preocupa. Preocupa-me é que as multinacionais sejam subsidiadas à custa de impostos pagos pelas empresas nacionais, numa situação terrivel de concorrência desleal. Preocupa-me que as empresas necessitem de mudar as sedes para os locais onde está o poder político.

No século XIX falava-se de separação entre igreja e Estado. Hoje, urge separar o Estado e as empresas.

Yokora disse...

See HERE

António Balbino Caldeira disse...

Caro José Silva

Desconte-se o meu centralismo: só se for o de Alcobaça!... Aí, pode ser, um dos núcleos geo-históricos da Pátria, ser de novo o seu centro...

A sério: acho que o caro José Silva está a ver o filme ao contrário: a decadência é muito maior no interior do que em Lisboa. Lisboa sugou investimentos e recursos do País como intermediária do desvio de comércio europeu. Mas o fenómeno precocupante em Portugal actualmente é o esvaziamento social e económico do interior, agravado por uma política absurda do Governo.

Portugal precisa de uma marcha para o interior e não da resistência em Lisboa - nem da concentração do investimento noutros núcleos, como Porto. Interior!

Jose Silva disse...

Caro ABCaldeira,

A sensação de decadência que em Lisboa se sente é muito maior do que a do resto de Portugal, Porto incluído, porque precisamente, o resto de Portugal já está habituado a cresceimentos menores ou mesmo recessão. EM Lisboa isto é novidade. E é novidade porque o modelo de crescimento de Lisboa ( a Drenagem/Centralização da actividade económica mais lucrativa/protegida da concorrência internacional) está esgotado. Não é por acaso que a região europeia que entre 2000 e 2005 mais poder de compra perdeu foi a de Lisboa...

Hilário Godinho disse...

Peço Asilo Político, Je demande Asile Politique, Ich verlange politisches Asyl, I ask for Political asylum
------------------------------------------------------------------------------------------------------
Resistência Portuguesa Militar e Civil Anti Pide/D.G.S.E. -----

Liberdade, Democracia, Justiça, Imprensa, Direitos Humanitários. Sim.
Ditaduras, PIDE/D.G.S.E., Tortura, Fome, Corrupção. Não Obrigado.
Peço Asilo Político, Dinheiro, Doente e Invalido com Fome em Tribunal com Dívidas.
Enviar dinheiro para a Anti Pide/D.G.S.E..
Sr. Godinho --- Dornacherstrasse, 245 --- CH 4053 Basel --- Suisse. -----

Se não pode impôr a paz, pode convencer pelo exemplo. -----

Peço Asilo Político. -----

Donativos para a Resistência Portuguesa Militar e Civil Anti Pide/D.G.S.E..
Hilário Vicente Rosa Godinho --- Conta de Épargne UBS CHF --- Nº conta 233-691451.M1F --- Nº de cliente 233-691451 --- Iban CH21 0023 3233 691451M1F --- SWIFT Adresse (BIC): UBSWCHZH80A --- UBS AG --- Postfach, CH 4053 Basel --- Suisse. --- Ou ---
Sr. Godinho --- Dornacherstrasse, 245 --- CH 4053 Basel --- Suisse. ---
Telefone: 0041 765 450 994. Comuniquem na Imprensa Mundial. Eu falo Português, E também Francês. -----
------------------------------------------------------------------------------------------------------
Peço Asilo Político, Je demande Asile Politique, Ich verlange politisches Asyl, I ask for Political asylum
------------------------------------------------------------------------------------------------------
Résistance Portugaise Militaire et Civil Anti Pide/D.G.S.E. -----

Liberté, Démocratie, Justice, Presse, Droits Humanitaires. Oui.
Dictatures, PIDE/D.G.S.E., Torture, Faim, Corruption. Non Merci.
Je demande Asile Politique, l'argent, le malade et l'invalide avec la faim devant le tribunal avec des dettes.
Envoyer argent pour l'Anti Pide/D.G.S.E..
Mr. Godinho --- Dornacherstrasse, 245 --- CH 4053 Basel --- Suisse. -----

Si ne peut pas imposer la paix, peut convaincre par l'exemple. -----

Je demande Asile Politique. -----

Donations pour la Résistance Portugaise Militaire et Civil Anti Pide/D.G.S.E..
Hilário Vicente Rosa Godinho --- Compte d'Épargne UBS CHF --- Nº de compte 233-691451.M1F --- Nº de client 233-691451 --- IBAN: CH21 0023 3233 6914 51M1F --- SWIFT Adresse (BIC): UBSWCHZH80A --- UBS AG --- Postfach, CH 4053 Basel --- Suisse. --- Ou ---
Mr. Godinho --- Dornacherstrasse, 245 --- CH 4053 Basel --- Suisse. ---
Téléphone: 0041 765 450 994. Communiquent dans la Presse Mondiale. Je parle Portugais, Et aussi Français. -----
------------------------------------------------------------------------------------------------------
Peço Asilo Político, Je demande Asile Politique, Ich verlange politisches Asyl, I ask for Political asylum
------------------------------------------------------------------------------------------------------
Widerstand Portugiesisches Militärisches und Zivilist Anti Pide/D.G.S.E. -----

Freiheit, Demokratie, Justiz, die Presse, Humanitäre Rechte. Ja.
Diktaturen, PIDE/D.G.S.E., Tortur, Hunger, Bestechung. Nein Danke.
Ich verlange politisches Asyl, das Geld, Kranke und Invalide mit dem Hunger vor dem Gericht mit Schulden.
Senden Geld für Anti Pide/D.G.S.E..
Herr. Godinho --- Dornacherstrasse, 245 --- CH 4053 Basel --- Schweiz. -----

Wenn nicht aufdrängen kann der Frieden, kann durch das Beispiel überzeugen. -----

Ich verlange politisches Asyl. -----

Schenkungen für den Widerstand Portugiesisches Militärisches und Zivilist Anti Pide/D.G.S.E..
Hilário Vicente Rosa Godinho --- Compte d'Épargne UBS CHF --- N° des Kontos 233-691451.M1F --- Nº des Kunden 233-691451 --- IBAN: CH21 0023 3233 6914 51M1F --- SWIFT Adresse (BIC): UBSWCHZH80A --- UBS AG --- Postfach, CH 4053 Basel --- Schweiz. --- Oder ---
Herr. Godinho --- Dornacherstrasse, 245 --- CH 4053 Basel --- Schweiz. ---
Telefon: 0041 765 450 994. Teilen in der weltweiten Presse mit. Ich spreche Portugiesisch, Und auch Französisch. -----
------------------------------------------------------------------------------------------------------
Peço Asilo Político, Je demande Asile Politique, Ich verlange politisches Asyl, I ask for Political asylum
------------------------------------------------------------------------------------------------------
Resistance Portuguese Military and Civil Anti Pide/D.G.S.E. -----

Freedom, Democracy, Justice, The Press, Humane Rights. Yes.
Dictatorships, PIDE/D.G.S.E., Torture, Hunger, Corruption. Not Thank You.
I ask for Political asylum, Money, Sick and Invalid with Hunger in Court with Debts.
To send money for the Anti Pide/D.G.S.E..
Sir. Godinho --- Dornacherstrasse, 245 --- CH 4053 Basel --- Suisse. -----

If it can not impose peace, can convince by example. -----

I ask for Political asylum -----

Donations for the Resistance Portuguese Military and Civil Anti Pide/D.G.S.E..
Hilário Vicente Rosa Godinho --- Account of Épargne UBS CHF --- Nº of account 233-691451.M1F --- Nº of customer 233-691451 --- IBAN: CH21 0023 3233 6914 51M1F --- SWIFT Adresse (BIC): UBSWCHZH80A --- UBS AG --- Postfach, CH 4053 Basel --- Switzerland. --- Or ---
Sir. Godinho --- Dornacherstrasse, 245 --- CH 4053 Basel --- Suisse. ---
Telephone: 0041 765 450 994. Communicate in the World Press. speak Portuguese, And also French. -----

http://pide1.spaces.live.com/

http://antipidedgse.blogspot.com/

Leituras recomendadas