20070804

UPorto: a melhor universidade portuguesa

"O Academic Ranking of World Universities coloca a Universidade do Porto (UP) entre uma das 500 melhores universidades do mundo. Na lista elaborada pela Shangai Jiao Tong University, e que ontem foi divulgado, a UP surge entre as instituições de ensino superior que ocupam, igualmente, as posições 402.ª a 508.ª. A nível europeu, a UP está colocada entre as posições 172 e 297. "É importante estarmos intregados num ranking com tanta reputação como este", esclareceu ao PÚBLICO o vice-reitor, António Marques. A UP surge assim, mais uma vez, como a melhor universidade portuguesa..."

7 comentários:

Anónimo disse...

mais alguma uni do norte no ranking?

e la do sul alguma?

JOSE ALBERTO BRITO RIBEIRO disse...

Hmm,
estes rankings são um pouco estranhos, não se deve contar unicamente numero de artigos e citações. Obviamente que sendo a universidade do país com mais alunos, terá mais investigadores logo mais artigos.

Se virem a relação entre artigos ou citações e o numero de professores e alunos, Aveiro vai muito à frente, com quase o dobro da pontuaçõ dos 2o classificados, Porto, Técnica e Algarve.

http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1229006&idCanal=74

Rui Valente disse...

Os rankings só merecem credibilidade quando enaltecem o sacristão da nossa paróquia? Mas porque raio é que não conseguimos aceitar as mais valias de uma cidade ou região sem pensarmos logo que estão a subvalorizar a nossa? É esta mentalidade de rivalidades paroquianas que há que relativizar se quisermos remar todos no mesmo sentido!

António Alves disse...

o importante aqui é o seguinte: apesar das universidades do norte serem as mais conceituadas internacionalmente e liderarem a investigação científica nacional, os 19 laboratórios científicos do Estado estão situados todos em Lisboa e nenhum deles é dirigido por um académico nortenho. Caso volte a acontecer um grande terramoto, Portugal ficará sem laboratórios científicos do Estado.

JOSE ALBERTO BRITO RIBEIRO disse...

Rui Valente

os rankng são importantes porque por exemplo mostra o que se esta a fazer com o dinheiro dos contribuintes.

O objectivo do meu post era mostrar que apesar de não haver mais universidades do norte no raking, tal tem explicação.

E se tivermos em conta outros dados, verificas que tanbém no topo esta outra universidade do Norte/Centro.

E apesar destes dados todos, sabes cm diz o nosso colega António Alves que os 19 labs d estado estão em Lisboa.

Agora imagina que 3 ou 4 desses Labs estavam no Norte, as prestações das universidades nortenhas iriam melhorar aind mais.

Saudações

Anónimo disse...

E apesar destes dados todos, sabes cm diz o nosso colega António Alves que os 19 labs d estado estão em Lisboa.

Agora imagina que 3 ou 4 desses Labs estavam no Norte, as prestações das universidades nortenhas iriam melhorar aind mais."

E agora imagina que em vez dos 6% que o estado da ao norte para investigaçao cientifica, dava mais.
É que é quase como no caso dos laboratorios, Lisboa fica com 80% do dinheiro e o norte com 6%.

Mesmo com os 6% e sem laboratorios o norte faz o que faz, agora imaginem que eramos independentes e o dinheiro que faziamos era investido todo no nosso norte...

sguna disse...

Deve ter sido por causa deste ranking que o representante do governo de Lisboa no Norte, disse que a região de Lisboa seria o motor do invesntimento na área científica-tecnológica...

No entanto este ranking, independentemente de como foi feito, revela bem o atraso do país. Enquanto universidades portuguesas encontram-se entre as 500 melhores, quantas universidades de páises de dimensão semelhante ao nosso encontram-se no top 200?

Leituras recomendadas