20070806

"A campanha já chegou aos aviões???"

Meus senhores,

Pelo que percebi no noticiário da noite da RTP, a equipa do FCP, depois de mais uma brilhante vitória no torneio de Roterdão teve de ficar apeada em Lisboa em vez de vir directa para o Porto.

Ao que consta (via RTP), o Comandante deu ordem de expulsão a toda equipa do FCP. Terá visto PC a subornar um árbito, ou é mais uma carolinice?

O chefe da tripulação deve ser um desses cavalheiros com alto sentido ético e profissional que agora também se acha no direito de maltratar o clube da minha cidade. Com as costas quentes, qualquer cobardola é herói. E este país está a ficar cheio deles.

Mas como é que estes gajos conseguiram fazer com que Salazar hoje me pareça um anjo? É preciso ser-se mesmo muito medíocre.

Estará na hora de voltarmos a emigrar? Ah, por segundos devo ter sonhado. Afinal quando é que este país deixou de fabricar emigrantes? Será preciso dizer mais?

3 comentários:

Victor disse...

Na palhaçada em que este país se transformou, onde a dignidade é estorvo, nada me admira. Um desses serventuários da mãozinha veio, muito ufano, prometer ao Porto mais polícias e melhores esquadras!
Eu só faço uma observação:
se isto fosse gente confiável, não atentavam nas causas, antes de nos entreterem com os efeitos? Vamos viver sempre nesta espiral?
Só ambiciono uma coisa:
Que chegue depressa 2009. Desta vez vou votar! Se puder, 100 vezes!
Mandar esta canalha para casa, é um imperativo patriótico

Anónimo disse...

isto ja nao vai com regionalizaçao so com independencia

norte minha pobre naçao colonizada por mouros lusitanos

Anónimo disse...

Também sou do Porto e o que penso é que esta confusão entre o FCP e o Norte tem sido o que mais tem prejudicado o Norte. E Enquanto não percebermos isto mais o norte perderá.
Ouvi a notícia da RTP e em muito pouco coincidia com o que aqui é relatado. Não será melhor esperar por uma história mais completa para ver quem tinha razão?
Os coitadinhos, mesmo quando se fazem de coitadinhos continuam a ser coitadinhos,

ATG

Leituras recomendadas