20081120

Caso BPN: Menezes denuncia ameaças de alguns ex-ministros

"O ex-presidente do PSD, Luís Filipe Menezes, afirmou, em entrevista à RTPN, que foi alvo de profundas críticas ameaçadoras, algumas, por escrito, de alguns ex-ministros que não queriam que avançasse a fiscalização à supervisão bancária".

"Tive a demissão de membros da minha Comissão Política Nacional, porque eram accionistas de referência do BPN e tinham medo que a supervisão bancária fosse tocar nos interesses, por ventura, de instituições financeiras que não estavam a funcionar de acordo com os padrões de transparência do Estado de Direito", referiu, sublinhando que, nessa altura, "ainda não se falava no BPN, mas apenas do BCP e do papel do Banco de Portugal". - JN

3 comentários:

Ventanias disse...

Boa Pedro,

Também pensei escrever sobre isto. Creio que esta frase, mesmo sendo dita por LFM, indicia tudo quanto há de negativo no "sistema" português. A começar pelo facto de LFM, e o PSD, terem "desistido" dessa iniciativa, por causa dos tais ex-ministros, ou não.

Abraço

Pedro Menezes Simoes disse...

Será que Menezes terá afinal desistido da liderança do PSD por causa das ameaças de que foi alvo?

Jose Silva disse...

O médico da medicina do trablho da empresa onde trabalho é amigo pessoal do LFM. O motivo foi mesmo a má organização da vida pessoal do LFM. Ele julgava que gerir a oposição se conseguia com improvisação e com vida pessoal agitada.

Leituras recomendadas