20090413

Reflexões 20090413

Estive alguns dias offline em Póvoa do Lanhoso. Soube inclusivé que um bisavô meu era de lá originário. Só agora coloquei as leituras em dia. Há questões importantes nos últimos dias que irei debater proximamente:
  • Linha de Leixões;
  • Elites portuenses vendidas a partidos (afirmação de MRebelo de Sousa): Exemplos práticos dos últimos dias;
  • Rio Fernandes apela à sensatez no metro Ocidental e define como prioriário ligar Campanhã a Valbom;
  • A «internacionalização de Montalegre»;
  • Aeroporto de Bragança
  • Desafio de Daniel Rodrigues sobre ferrovia a Norte: Provavelmente a ferrovia interior terá que ser encerrada, aberta nova no litoral. Como compensar o interior Norte por esta proposta aparentemente injusta ?
  • Relatório do INE: Importações reduzem-se 15; Exportações 19%. Deficit comercial aumenta, portanto;
  • LFMenezes propõe fusão de empresas municipais...

4 comentários:

PMS disse...

"Importações reduzem-se 15; Exportações 19%."

Olhe que não... mas é irónico.

As nossas importações são tão maiores que as exportações, que uma redução de 15% nas importações equivale a 21%-23% das exportações (não tenho os números exactos; estou a pressupor uma taxa de cobertura de 65% a 70%)

; )

Paulo disse...

No trimestre terminado no primeiro mês do ano, as exportações nacionais recuaram 19,2%, enquanto as importações diminuíram 15,6%

http://economico.sapo.pt/noticias/exportacoes-caem-19-em-janeiro_7832.html

JOSÉ MODESTO disse...

vamos falar um pouco de regionalização:

REGIONALIZAÇÃO
Eis a questão.

Dentro de uma visão psicológica, diz-se que o ser humano Maduro, é aquele que tem
uma grande experiência de vida e uma visão melhor dessa no sentido filosófico.

Portugal é um País com assimetrias regionais bastante acentuadas, nas áreas mais pobres
investimos mais na construção de equipamentos e de infra-estruturas do que na promoção
de actividades que permitam a criação de emprego.
Facilmente assiste-se ao encerramento de um centro médico… e á abertura, por exemplo uma piscina municipal!!!

Não tenhamos dúvidas, todos queremos o melhor para a nossa Região.

Apesar de estar firmemente convicto que a instituição das regiões administrativas possam contribuir para reduzir os gastos públicos,
o que considero, verdadeiramente, essencial é que, não os aumentam.
Portugal está abaixo da média da UE em termos de autarcas eleitos. É pura demagogia, para não dizer outra coisa, dizer-se que Portugal
tem excesso de representação autárquica.
Aonde Portugal apresenta indicadores, verdadeiramente, excessivos é em termos de nomeações políticas por parte do poder central e,
também, no número de deputados da Assembleia da República. O acto de Iniciar ou fazer Politica não tem nem deve ser efectuado
somente na Capital, poder-se-á fazer ou iniciar na região onde o Futuro Politico dessa fora a escolha dos cidadãos.

O tema Regionalização não terá muita relevância nos próximos debates eleitorais.
Em altura de crise, haverá outras prioridades. Além disso, todos sabemos que num momento de crise
todos os Estados se Centralizam….
Vamos continuar com o debate aberto, fazendo com que o mesmo Fique Maduro
actual e que num futuro próximo se faça a consulta Popular, mas atenção:
Se desta vez falhar, então não haverá Regionalização tão depressa. Costuma dizer-se que não há duas sem três.

Artigo Publicado no Jornal de Matosinhos e referênciado no Blog: REGIONALIZAÇÃO.

Saudações Marítimas
José Modesto

PMS disse...

Lá está, como eu dizia:

"Após estas quebras, o défice comercial português situou-se nos 5,04 mil milhões de euros entre Novembro de 2008 e Janeiro de 2009, uma diminuição de 9,2% em relação ao período homólogo, revelou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

A mesma fonte adianta que, no trimestre em análise, a taxa de cobertura desceu de 62,9 para 60,1%."

Leituras recomendadas