20090410

A falácia da Senhora da Hora e o Metro de Londres



As restrições ao trafego na Sehora da Hora, argumento usado para justificar a linha da Boavista e Campo Alegre é falacioso. Se as linhas de Matosinhos, Povoa e Maia terminarem na Sª da Hora e daqui se iniciar uma nova linha em direcção ao estádio do Dragão, acabam de imediato as restrições. Lembrará o leitor atento: Isso obriga a transbordo. É verdade e depois ? A necessidade de transbordo numa rede de metro aumenta à medida que aumenta o número de linhas. Seleccione 2 locais aleatórios na rede de metro de Londres ou Paris e verifique se tem a sorte de não necessitar de transbordo.
  • Conclusão 1: A restrição resolve-se apenas com redesenho das linhas. Provavelmente isso irá acontecer quando a linha para Gondomar estiver em funcionamento...
  • Conclusão 2: O Metro do Porto usou um argumento falcioso e ninguem o detectou ou se esforçou por detectar, nem mesmo quem acusa o Porto de novo-riquismo...

5 comentários:

amaalves disse...

"e daqui se iniciar uma nova linha em direcção ao estádio do Dragão, acabam de imediato as restrições."

qual o traçado?

Salem disse...

A ideia de José Silva é todas as ligações ficarem na sra da Hora e depois todos terem de trocar para uma unica ligação ao estadio do dragão.

Mas na minha opinião isso não resolve nada uma vez que para dar resposta aos passageiros da Maia, Matosinhos, Povoa e Aeroporto teriamos de ter viagens com muita frequencia o que iria deixar tudo na mesma, com a agravante de tornar as viagens mais demoradas devido ao transbordo que as pessoas não estavam a fazer para aqueles percursos.

Todos os metros tem os seus transbordos, até mesmo o do Porto na linha D e terá mais nas proximas fases. Mas também o de Londres tem linhas que coincidem umas com as outras.

Salem disse...

* ao transbordo que as pessoas não estavam habituadas a fazer para aqueles percursos.

Rui Farinas disse...

E tem mais. Os tranbordos que se fazem nas citadas Londres ou Paris,são feitas ao abrigo das intempéries,o que é muito diferente de estar ao frio e à chuva numa estação exterior.

Jose Silva disse...

António: Linha Shora-Estádio Dragão

Rui: Então faça-se uma mini-estação na SHora.

Salem: Trofa Campanhã por metro demora mais 20 min do que via CPPorto. O acrescimo de tempo não é suficiente para dissuadir a construção de linha de metro Ismai-Trofa. Pelo que atrasos num trabordo na SHora tb não podem ser usados como argumento sob pena de incoerência.

Leituras recomendadas